segunda-feira, 27 de outubro de 2008

Maratona do Porto


A última prova da temporada, foi efectuada ontem, com algumas peripécias muito engraçadas, que mais à frente vou contar neste post. Foi a prova que fiz sem preparação específica para ela, mas com m ou dois treinos bem bons com a minha amiga Carla.
Antes demais e em relação à prova, vou dar os meus parabéns a minha equipa,”Porto Runners”,pela proeza que conseguiu, inscrever 205 atletas nas diversas provas, é obra, e ser o clube com mais atletas inscritos na maratona (50), é um sinal de vitalidade do clube. Depois vem as meninas, como sempre a Carlita e a Susana brilharam em grande.
A minha prova foi planeada ao km, pelo menos tinha pensado eu, tinha combinado coma Carla fazer determinados ritmos, que eu já na altura tinha dito e por alusão à época que se avizinha, São Martinho, iria estourar como uma castanha, e foi o que aconteceu, mas com a minha precaução correu bem, no final.
A prova começou muito rápida, o planeamento foi para brejo, nos primeiros 500metros de prova, lol, ou seja, sair a morte, como tal foram ritmos elevados, que pude manter, para acompanhar a Carla como prometido, ritmos perto 4 minutos o km, até a primeira hora, altura em que naturalmente ela se foi embora e a minha parte estava cumprida, também já não dava para mais. A partir daí foi sozinho, toda a prova, a minimizar a primeira hora alucinada que tive, baixando o ritmo para perto dos 4 min e 30 seg, mas logo ai apercebi-me, que algo estava mal, comecei a sentir um mal estar, que me fez perder algum tempo, mas ao 18 km, teve que ser, estas a ver “Happyman” não acontece só a ti (como em Guadalajara), lá tive que fazer um pit stop, na zona Afurada, tenho que dizer que a paisagem é bem bonita, a meio de uma maratona, ver o Porto como pano de fundo, bem giro, dentro do imprevisto ate correu bem, a partir dai começou a correr bem, comecei outra vez a ritmos normais, e lá fiz uma boa primeira meia maratona. Depois veio a gestão da corrida, chegar ao fim da prova, a partir dos 30 km o importante era gerir o esforço, mas tentar chegar ao fim com energia. Lá consegui, com muito esforço os últimos 5 km foram muito dolorosos, mas sempre no pensamento que para o ano vem uma maratona depois de 3,8km a nadar e de 180km de bike, por isso era preciso desfrutar esta última prova, e pensar que vou descansar uma ou duas semanas, e começa a grande aventura.
Em suma, em face da minha condição física actual, foi uma prova conseguida com um tempo final de 3h23m23seg,omeu segundo melhor tempo de sempre, e mais um dia a fazer desporto.
Agradeço também a todas as pessoas que me foram apoiar, elas sabem quem são, pois o vosso apoio e sempre muito bom. Venha o Iron man.

6 comentários:

CARLA disse...

De facto, o plano fugiu um pouquito.
Mas fizeste grande prova.
O nosso clube está mesmo de parabéns!
Foi uma manhã fantástica.
As fotos no site assim o demonstram.

Agora a castanha é que deve ter sido complicado... mas pelo que entendi foste rápido:)
Bjokas da tua amiga, Carla PM

paulo miranda disse...

nao precisas de agradecer o meu apoio. bom descanso agora e aproveita este defeso para fazer outras coisas importantes (depois e private digo-te quais). abraço

Anónimo disse...

Grande Nuno, parabéns pela Maratona. Como é sabido, aos 32/35km, o homem da marreta não perdoa!
Atenção, que a maratona do IM, é parecida, mas não tem nada a ver...
Já arranjaste cabra p/ o IM?
Realmente o vosso cluble está em grande, um nº asim tão grande de atletas é de louvar.

1 abraço e dá-lhe com alma
Rui Sousa

Nuno Barbosa disse...

Obrigado Rui, quanto a cabra para o IM, ainda não, vamos ver se o pai natal da uma

Anónimo disse...

Bom, agora tens que ver se te portas-te bem e se o velhote das barbas não tá chateado contigo...
Diz ao Pai Natal que a cabra já é a pensar no Hawaii!!!


1 abraço
Rui Sousa

Anónimo disse...

Agora tens de ver se te portas-te bem e se o velhote das barbas brancas não tá chateado contigo...
Diz ao Pai Natal que a cabra jáé a pensar no Hawaii!!!

1 abraço
Rui Sousa